Livros

Areias de Marte (Sands of Mars) – 1951, Arthur C. Clarke. Argonauta nº 162, 183 páginas.

Um dos primeiros livros publicados de ACC, ainda distante do tipo de narrativa que ele viria a apresentar. Basicamente, é a história da tentativa dos humanos em colonizar o planeta Marte, utilizando-se quase que exclusivamente do deslumbramento com as capacidades abertas pela ciência, sem introduzir os temas humanísticos que surgiriam em seus melhores momentos. Muitas das informações sobre o planeta, evidentemente, estão totalmente ultrapassadas. Ao contrário do que ocorre numa obra como As Crônicas Marcianas, por exemplo, aqui essa desatualização faz toda a diferença.