Livros

Astronave da Esperança, A (Seed of Light) – 1959, Edmund Cooper. Argonauta 87, 207 páginas.

EC já escreveu obras melhores do que esta que, como em outros trabalhos que fez, tem como ponto de partida a destruição da sociedade planetária por meio de uma guerra nuclear total. Um dos problemas está na datação dos eventos que, em 1959, eram futuros, e agora já são um passado distante; e nada aconteceu. Trata-se de um erro no qual muitos escritores de fc incorreram. Desse ponto de partida, o livro se transforma no subgênero da fc conhecido como generation starship, ou seja, uma nave espacial que sai pelo espaço com o objetivo de perpetuar a raça humana. Outro problema, nesse sentido, é o pequeno número de humanos escolhidos para fugir do planeta em desintegração e tentar manter a raça viva. Um livro apenas mediano.